Malte

19 Resultados
Nath
Preço promocional desde 8.49€ 6.99€
57.55€ / KG
Vitakraft
7.99€
79.90€ / KG
Urano Vet
11.99€
239.80€ / KG
GimCat
3.39€  -  19.69€
Desde 98.45€ / KG
Várias opções disponíveis
Várias opções
Nath
Preço promocional desde 7.99€ 5.99€
44.91€ / KG
Criadores
7.99€
79.90€ / KG
Criadores
8.49€
84.90€ / KG
Beaphar
10.09€
100.90€ / L
Start
5.99€
59.90€ / L
Vitakraft
1.89€  -  10.66€
Desde 29.61€ / kg
Várias opções disponíveis
Várias opções
GimCat
2.99€
74.75€ / KG
Specicare
10.99€
2.20€ / kg
Pharmadiet
9.29€
185.80€ / KG
Divasa
12.99€
129.90€ / KG
Novopet
11.69€
93.52€ / KG
Beaphar
6.29€
41.93€ / KG
Vetoquinol
15.59€
GimCat
1.25€
25.00€ / KG
Stangest
8.55€
85.50€ / KG

Malte para gatos


O malte para gatos é uma pasta que contribui para a facilitar a digestão e também a evacuação das bolas de pelo que se podem formar e ficar presas no aparelho digestivo do felino depois de este se lamber na sua rotina de higiene. Além do mais, também ajuda a melhorar o seu sistema imunitário e a sua microflora intestinal. 
 

O que é o creme de malte?


O creme de malte é uma pasta da cor do mel e textura densa feita à base de extrato de malte, óleos e gorduras vegetais, fibra, derivados lácteos e levedura, entre outros ingredientes.

Trata-se de um suplemento natural que serve para melhorar o trânsito intestinal dos gatos, tendo em conta que durante a sua limpeza diária os felinos ingerem grandes quantidades de pelo morto.  

Estas formações de pelo, podem por sua vez gerar bolas chamadas tricobezoares, que se podem prender no aparelho digestivo, provocando desde falta de apetite até vómitos, passando por outros sintomas como tosse, prisão de ventre, dor de estômago, perda de peso, diarreia, febre, mal-estar geral, desidratação e dificuldades respiratórias. 

O risco que implicam estas formações de bolas de pelo é que, se não as expulsar, o felino pode sofrer infeções como gastrite e colite, uma doença intestinal produzida pela inflamação do cólon. 

Por isso, recomenda-se administrar malte para gatos tendo em conta que o seu efeito laxante facilita a expulsão dessas bolas de pelo através das fezes. 
 

Quando se deve dar malte a um gato?


Em função das preferências do seu gatinho, pode-se administrar o malte de diferentes formas: por exemplo através da própria embalagem, colocando uma pequena quantidade na sua pata, e ele vai lambendo... De qualquer forma, e tendo em conta o seu bom sabor, o seu felino irá acostumar-se facilmente. 

A verdadeira questão é a dose de malte para gatos que se recomenda administrar. Cada raça de gatos apresenta umas características específicas pelo que se deve adaptar a quantidade de malte que lhes dá, sem se esquecer de outros fatores como a sua predisposição a higienizar-se.

Em todo o caso, o aconselhável é proporcionar-lhe uma quantidade de malte equivalente ao tamanho de uma amêndoa em duas tomas por semana se o felino tiver o pelo curto, e até quatro se, pelo contrário, possuir um pelo longo.  
 

Quantas vezes por dia se pode dar o malte? 


Durante a estação de muda pode ser necessário uma administração diária de malte no caso de verificar que o seu gato tosse demasiado.  Quando este ou outros sintomas desaparecerem, a dosagem diária de malte já não será necessária.
 

Qual é o melhor malte para gatos?


Uma vez que os felinos tendem a ser esquisitos no que se refere à comida, existem diferentes formatos para que se possa administrar o malte da maneira mais cómoda para o seu felino.

No mercado, o malte para gatos costuma apresentar-se num formato similar ao tubo de pasta de dentes, que por sua vez, está disponível em vários sabores, incluindo também vitaminas que reforçam as defesas do felino. 

Outro formato são os quadraditos de ração que estão recheados desta pasta de malte. 

De igual forma estão disponíveis os bocadinhos de malte, guloseimas que servem para recompensar o comportamento dos gatos ou simplesmente para os mimar. Estas recompensas também são feitas à base de malte com sabor a salmão se custar ao seu gatinho tomar este suplemento, apesar de que em regra geral costumam ser do seu agrado. 

Independentemente de lhe dar o malte, a escovagem dos gatos é necessária para eliminar o pelo morto e evitar assim que o felino possa ingeri-lo quando se lamber durante a rotina de higiene. 

Por isso, é recomendável escová-lo entre três a quatro vezes por semana no mínimo, além de lhe oferecer uma dieta equilibrada de alto valor proteico, probióticos que mantenham a sua flora intestinal saudável e erva gateira que os ajude a purgar.  

Desta forma, com a ajuda do malte para gatos, irá evitar que o seu felino sofra da formação contínua de bolas de pelo, com as complicações que isso implica.