Como educar um gato corretamente? Tudo o que precisa que saber

Os gatos são animais muito inteligentes, de modo que a aprendizagem é rápida. Contudo, são animais de costumes e imitações. Por isso, é importante planejar uma rotina com horários para brincadeiras e refeições. Recordamos-lhe que o reforço positivo é a chave para que o seu gato aprenda muito mais rápido.  

De seguida ensinamos-lhe alguns conselhos para que possa educar o seu gato, tanto se for pequeno, como adulto. Além do mais, irá aprender o que fazer quando este tentar subir à mesa ou morder.  

É possível educar um gato?

A resposta é sim.  Se seguir algumas diretrizes e procedimentos, qualquer animal pode ser educado. No caso dos gatos é muito importante a estimulação mental, e ensiná-lo a usar a um arranhador e a caixa de areia desde o primeiro momento em que chega a casa.

Além do mais, a socialização é fundamental para educar um gato, já que familiarizar-se com outros animais, pessoas e objetos é imprescindível para que o seu felino não comece a internalizar um caráter de arisco, solitário e assustadiço. 

Os truques e as brincadeiras são chaves para que o seu gato se mantenha em forma e se relacione.  Além do mais, algumas brincadeiras são ideias para que desenvolva habilidades felinas como os reflexos e a caça. Os brinquedos do tipo kong, por exemplo, são perfeitos para que o seu gato desenvolva a sua inteligência.  Contudo, é fundamental que interaja com ele porque senão este vai ficar aborrecido.

Um gato escalar, morder ou arranhar é normal, já que há gatos que são mais brincalhões e têm esse instinto. Não obstante, pode educar o seu gato de modo a controlá-lo, pelo que evite que as suas mãos sejam uma presa e recorde-se de o parabenizar. Lembre-se de não brincar com ele se ele tiver esse comportamento e dê-lhe um brinquedo que possa destruir. 

O stress nos gatos é habitual.  Muitos estão sozinhos ou sofrem mudanças que prejudicam a sua saúde mental. Por isso, as guloseimas e as recompensas são importantes; e não se esqueça que os gatos parecem animais muito independentes, mas é muito importante que estejam acompanhados. Além disso, se reparar que o seu gato está agressivo, há a possibilidade de que esteja a sofrer de alguma doença, de modo que é importante que o veterinário faça um check up de vez em quando ao seu felino.  

Como educar um gato desde pequeno?

Quando um gatinho aparece nas nossas vidas e nos enche o lar de felicidade e companhia, a nossa obrigação é educá-lo de modo que a convivência seja agradável e cómoda.  

Para que o seu pequeno felino se adapte corretamente à sua nova casa é importante que lhe dê muito afeto e carinho para que comece a confiar em si o mais rápido possível, e se mostre mais recetivo a aprender. O ronronar e a lambidela são chaves para confirmar se o seu gatinho se sente bem e confortável. 

Para que o seu gato bebé saiba onde estão os seus objetos pessoais, é importante que conheça bem a casa e sempre saiba onde tem água limpa e fresca. Além do mais, é importante que saiba onde se encontra a sua cama, caixa de areia e o seu arranhador. Por isso, é fundamental que investigue bem o ambiente para que se habitue o mais depressa possível.

O arranhador, a caixa de areia, e os brinquedos são objetos chave desde o primeiro momento  

Para educar um gato e evitar que destrua os móveis, o arranhador é necessário em casa, e além do mais, se tiver objetos e brinquedos ainda melhor, pois estará mais motivado. Não se esqueça de o recompensar com saborosos snacks e carinhos.  

É muito importante que o ensine a utilizar a caixa de areia, e é necessário que seja de fácil acesso. Os momentos em que o seu gatinho conhecerá a caixa de areia serão depois de comer, quando acordar e quando parar de brincar. Lembre-se que se o seu felino fizer as suas necessidades noutro local da casa, deve levar a caixa de areia até lá.

Os brinquedos irão ajudar o seu gato a caçar e a divertir-se. Deste modo, é muito importante que a casa conte com pequenos esconderijos, já que os gatos adoram refugiar-se em caixas de papelão.  

Como educar um gato para que não morda?

Os gatos, por natureza, usam as unhas e os dentes para brincar e defender-se. Por isso, é conveniente que não se acostume demasiado porque pode converter-se num vício. De seguida, iremos dar-lhe alguns conselhos muito úteis.  

Quando o seu gato é bebé, deve permitir que brinque e mordisque e descubra o seu meio ambiente. Contudo, a partir das três semanas quando o seu gato morder deve emitir um ruído e parar de brincar.Além disso, é importante que não o sobrexcite demasiado para que não fique nervoso.  

Recorde-se de  utilizar brinquedos tipo “vara” para que o seu gato identifique quais objetos pode morder. 

Como educar um gato para que não suba para cima da mesa?

Como os gatos costumam subir pelas árvores para caçar pássaros ou roedores, têm também o instinto de subir para cima das superfícies da casa.  

Aqui entra o reforço positivo. Este reforço baseia-se em recompensar e incentivar comportamentos desejáveis, e desviar o foco dos que não deve repetir.

Quando o seu felino se encontrar em cima da mesa, atraia a sua atenção para o solo, pode ser que com o brinquedo ou animando-o consiga que ele baixe.

É necessário que o seu felino encontre em casa locais para onde possa subir. Pode colocar uma árvore arranhadora que o permita escalar ou uma torre.  Para que ele possa utilizá-los, pode deixar uma recompensa ou colocar erva para gatos, e sobretudo, não se esqueça de o felicitar quando começar a usar esses itens.

E se já for um gato adulto?

Se deseja educar um gato adulto, quer dizer que quer corrigir comportamentos. Por isso, é necessário que tenha em conta algumas regras e objetos fundamentais:  

  • O meio é muito importante. Para que o seu gato se sinta confortável, seguro e com confiança é necessário que a temperatura da sua casa seja agradável e disponha de um lugar para dormir.  
  • Exercite o seu gato com as pausas necessárias.  
  • É fundamental que o recompense e lhe dê muitos mimos.
  • Estimule o seu cérebro com comedouros interativos.
  • Mostre-lhe situações ou objetos quotidianos de maneira progressiva, já que assim irá evitar que seja um gato assustadiço.
Etiquetas:
,